11 de dez de 2015

Segurança deve ser redobrada nos condomínios durante festas de final de ano

Fim de ano é um período bem movimentado nos condomínios residenciais. Envio de encomendas, entregas de presentes, visitas de familiares e o movimento de prestadores de serviços aumenta consideravelmente se comparado a outras épocas do ano. Com a intensificação no fluxo de visitantes, os condomínios precisam redobrar os cuidados com a segurança e ficar mais atentos com a entrada e a saída de pessoas desconhecidas na portaria. 


A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo alerta que para garantir a segurança nos condomínios, o acesso de desconhecidos deve ser precedido de identificação de todas as pessoas antes de sua efetiva entrada ou saída, e os moradores devem avisar aos porteiros quando estiverem esperando encomendas.

Para reforçar a segurança, agilizar o trabalho na portaria e tranquilizar os moradores, dispositivos de controle de acesso se tornaram opções ideais para evitar contratempos e mal-entendidos com visitantes. Por meio dessa tecnologia, é possível controlar o fluxo de pessoas e de veículos nas dependências do condomínio de maneira ágil, segura e eficaz.

"O serviço de identificação proporciona um controle de acesso separado por classes, como: moradores, visitantes, serviços, entregas, hospedes e familiares dos residentes, por exemplo. Com a automatização, a segurança é garantida, principalmente nessa época de maior movimento, e o funcionário não fica exposto a uma situação desagradável ou perigosa", explica Lucas Ribeiro, diretor comercial de empresa especializada em soluções de gestão de segurança para condomínios.

Edson José de Souza, gerente de um condomínio em Rio Preto (Interior de SP), garante que a escolha de um sistema de segurança criado por uma empresa especializada em segurança é imprescindível. "A tecnologia é nossa principal arma, mas moradores precisam fazer sua parte e somente autorizar a entrada de pessoas conhecidas. Entregadores, por exemplo, não devem circular livremente pelo local. Sempre orientamos nossa equipe de segurança que as entregas devem ser deixados na portaria e, posteriormente, levadas às residências por um funcionário do condomínio", explica Souza.

De acordo com Souza, mesmo que a segurança esteja garantida dentro do condomínio e ao redor, pelas câmeras de segurança, é necessário redobrar a atenção na hora de se aproximar da portaria, principalmente à noite. "Antes de entrar na passagem de veículos, é importante observar se não há pessoas estranhas ou suspeitas paradas na rua. Caso tenha alguém, é importante dar mais uma volta no quarteirão, observar novamente e telefonar para a portaria", afirma

A união de um sistema de segurança eficaz com a conscientização do morador é a garantia de tranquilidade em qualquer época do ano. "Se todos seguirem as regras de segurança, que são simples, o sistema contratado garante todo o resto", afirma Souza.

Cinco dicas para manter a segurança em condomínios:
- Ser criterioso na autorização de entrada e saída de condomínios, liberando a passagem apenas de pessoas previamente cadastradas no sistema ou autorizadas pelo morador;
- O ingresso de prestadores de serviço deve ser permitido em horários pré-determinados (agendamento prévio no sistema) e mediante identificação na portaria;

- Podar árvores muito densas que impeçam uma boa visibilidade ou escureçam a calçada;
- Não autorizar a entrada de entregadores. O recomendado é que os condôminos busquem as encomendas na portaria ou que algum funcionário entregue nas residências;
- Não transmitir informações sobre os moradores do condomínio a quem quer que seja;

- Informar ao porteiro sobre grandes períodos de afastamento (férias, por exemplo) e proibir acesso de estranhos durante o período.
Fonte:direcionalcondominios.com.br

Nenhum comentário: